domingo, 21 de setembro de 2008


Tão perto e cada vez mais distante. Simples observador, sorriso fechado, olhos bem abertos. Não perde nada, sente tudo no ar. Quieta, não se move, finge não ver oque está claro, bem mais fácil assim, embora não menos doloroso;
Ao fim da noite, a mente sempre traz de volta seu sorriso. Entenda não o leva por mal. Diga ao tempo pra esperar e a razão, por favor pra te esquecer!

2 comentários:

Em Construção... disse...

QUE BONITO !
GOSTEI MUITO!
BJUS
DANY!

Suelem de Oliveira disse...

Que lindo Gessica...

Saudades de vc no meu cantinho...

Por onde andas?

Beijos...